Uncategorized

Eu e minha escrita

A escrita me liberta ou melhor me protege dos auto-flagelos que as amarguras me causam. Ela cuida para que eu não enlouqueça dentro do meu próprio, quarto, casa, amor, dor… Ela me esculta com paciência e me aconselha com as minhas próprias palavras, me acalma, me deixa gritar ou chorar até cair abobalhada no chão… Continuar lendo Eu e minha escrita

Uncategorized

é tristeza, é banzo, é depressão… é caverna.

É tempo de caverna. Paciência. Vira e mexe assola a doença do século. Dos séculos… é tristeza, é banzo, é depressão… é caverna. É tempo de recolhimento, de travesseiros ensopados, de noites em claro, de escritas densas, truncadas, pesadas. De tempos em tempos. Sou poeira sem vento, parada no nada. De tempo em tempos. Sou… Continuar lendo é tristeza, é banzo, é depressão… é caverna.

Uncategorized

Cuida da menina, ama a mulher. Deixa que o resto passa.

Batidas aceleradas na porta, o telefone toca sem parar, as horas só correm. Eu, presa na nossa cama! Aquela que compramos e juramos que seria nosso lugar de paz. Não quero levantar, não quero abrir as janelas. Não é medo do que está lá fora, a claridade não ofusca minha visão, o sol não queima… Continuar lendo Cuida da menina, ama a mulher. Deixa que o resto passa.

Uncategorized

E eu.

Uma infinita trilha de textos, livros, artigos, teorias. Um mundaréu de informações, hipótese, objetivos, referências, letras.  Um mar de questionamentos, justificativas, parágrafos, citações, paginas… E eu.  Num silêncio enlouquecedor que não me deixa avançar… um universo paralelo que não dou conta!  Busco o ar inspirador que não vem, leio as paginas que não me fazem… Continuar lendo E eu.

Uncategorized

O todo, os pedaços e, principalmente, seus encaixes! 

Detalhando a vida como um enorme quebra cabeça de infinitas peças que é preciso apurar muito as vistas para poder montar as partes… tantas cores que formam um mosaico de sentimentos. Olhando num conjunto é uma imagem, uma parte o que você idealiza, outra o que a imagem quer mostrar, mas só olhando cada pecinha… Continuar lendo O todo, os pedaços e, principalmente, seus encaixes! 

Uncategorized

Para minha escrita acadêmica… Não me enlouqueça!

Os dedos estão em estado letárgico, a cabeça pensa em muitas coisas ao mesmo tempo e não consegue materializar nenhuma delas. Não sei se vocês já tiveram essa sensação, mas para mim é frequente. E quanto mais é necessário conclusões e resoluções, mais inativa vou ficando. Quando prazo está perto do fim, sou tomada por… Continuar lendo Para minha escrita acadêmica… Não me enlouqueça!

Céu Rosado

Os retratos que matam saudades

Olhei seus retratos ontem, fiquei feliz com o seu sorriso, aquele mesmo que pra mim foi afago quando o mundo parecia ruir num mudo de calmaria. Agradeci por sua vida naquele momento, li sua mensagem de amor para quem escolheu partilhar a vida… lembrei que estava lá no seu grande sim. Desejei que só multiplicasse… Continuar lendo Os retratos que matam saudades